Valor de Mercado percebido de uma Empresa de Healthcare

Já houve o tempo no qual o Valor de Mercado, ou Grau de Atratividade de um determinado Laboratório Farmacêutico estava dado principalmente pelo seu Portfólio.

Lá em 2009, o IMS (hoje IQVIA), na sua reunião anual World Review, apresentava então uma Matriz de Atratividade onde constavam para referenciar esse mesmo Valor de Mercado alguns Indicadores como Protected Portfolio Growth (Crescimento Protegido do Portfolio), Specialist Driven Segment (Segmento focado para Especialistas), Size in Oncology (Tamanho em Oncologia), Size in Biotech (Tamanho em Biotecnolgia), Generic Exposure (Exposição a Genéricos) e NCE / New Chemical Entity Launches (Lançamentos de Novas Moléculas), sempre com relação ao atual Portfólio.

Hoje, sem nenhuma dúvida, o que gera a mais concreta e definitiva percepção do Valor de um determinado Laboratório Farmacêutico é seu Pipeline. E ainda mais especificamente, a viabilidade financeira (isto é, a factibilidade e potencial de Acesso ao Mercado) das Moléculas componentes desse Pipeline.

E esse Ambiente de Mercado como um todo continua mudando, especialmente nos Mercados Emergentes, criando um conjunto dinâmico e mutável de fatores que afetam as Empresas Farmacêuticas. A adaptação dessas Empresas é cada vez mais essencial para capturar a potencial oportunidade à frente, enquanto o ambiente permanece dinâmico.

Grandes corporações globais trazem capacidades e recursos exclusivos para suportar, mas cada vez fica mais difícil operar de forma isolada. As empresas locais estão em melhor posição para iniciar e demonstrar a criação de valor.

O foco, assim, é na Inovação que traz resultados comprovadamente melhores com menor custo.

Em anexo, artigo do Hugo Vidotto, na Revista VEJA, Edição 2637, Ano 52 – N° 23, deste final de semana, 02 de Junho de 2019, intitulada “O Remédio é a Inovação”, com testemunho da Lívia Gandara Prado, Head de Inovação na Libbs Farmacêutica.

Abraços e boa leitura!

Foco, Constância e Disciplina … Perseverança

Como costuma afirmar o Professor Mário Sérgio Cortella, “Faça o teu melhor, na condição que você tem, enquanto você não tem condições melhores, para fazer melhor ainda!

O fotografo amador canadense Steve Biro fez o seu melhor, dentro das possibilidades que ele tinha (inclusive por ser um amador e não um fotografo profissional).

Ele fotografou a Bruce, uma Aguia-de-cabeça-branca voando sobre rio em santuário de aves de rapina no Canadá.

Na foto, a águia aparece em pleno voo sobre o rio e “olhando” para a câmera. Suas asas abertas tocam levemente a água, numa simetria perfeita.

A imagem é uma das centenas que Biro tirou de Bruce naquele dia. Em seguida, publicou a imagem em grupos de fotógrafos no Facebook. O registro rapidamente viralizou. A foto chegou à primeira página da rede social Reddit e virou notícia em todo o mundo.

Steve Biro fez o seu melhor, sem medir esforços, nas condições que tinha. Perseverou com Foco, Constância e Disciplina.

Abraços!

Qual é a diferença entre Design Thinking, Lean Startup e Agile?

Você já deve ter se questionado qual é a diferença entre esses termos, ou melhor dizendo, onde reside a diferença estre esses Conceitos

Vamos então tentar elucidar como que essas dimensões se relacionam, e como eles podem ser integrados entre eles.

Nos arquivo em anexo, com base no artigo publicado pelo  Nicolò Mantini, toda uma pragmática, simples e direta explicação a este respeito.

Abraços e boa leitura!

Propósito: Uma adequada Verdade Orientadora

Professor de Neurologia e Psiquiatria da Universidade de Viena, criador da Logoterapia, autor de mais de 30 livros, o Dr. Viktor E. Frankl (1905-1997), apontado por muitos como o sucessor natural do próprio Sigmund Freud, afirma contundentemente: “Não procure o Sucesso. (…) Porque o Sucesso, como a Felicidade, não pode ser perseguido; ele deve acontecer, e só tem lugar como Efeito Colateral de uma Dedicação Pessoal a uma Causa Maior do que a Pessoa, ou como Subproduto da Rendição Pessoal a outro Ser”.

O Dr. V. E. Frankl é referência, com Visão surpreendentemente positiva da Capacidade Humana, de como é possível transcender uma situação difícil, descobrindo uma Adequada Verdade Orientadora ….. Há melhor definição para “Propósito” do que esta?

Propósito, Busca de Sentido, Felicidade, Psicologia Positiva, Capital Intelectual ….. Podem ir se preparando, meu caros, porque em breve, vamos “dialogar” muito a respeito destes assuntos!

Em anexo, matérias da Revista EXAME desta semana, intituladas “A Força do Propósito” e “Uma Razão de Ser além dos Números”, da Aline Scherer e Marina Filippe, respectivamente, com excelente relação de conteúdo a respeito dos temas que aqui hoje abordamos!

Abraços e boa leitura!

Competências e Habilidades: A imprescindibilidade do Valor agregado do Fator Humano

O interessante artigo da Revista EXAME desta semana, intitulado “Onde as Máquinas (ainda) não têm vez” (em anexo), do Murilo Bomfim, nos ajuda a refletir de forma muito real e pragmática (inclusive com uma mensuração econômica de impacto potencial) do cenário onde o Treinamento das Pessoas para enfrentar os novos desafios não seja Foco Prioritário.

Treinamento de Habilidades, Formação de Competências, em todos os Níveis Hierárquicos.

Abraços e boa leitura!

Por que há empresas e marcas de cosméticos abandonando as redes sociais?

Artigo da BBC (em anexo), aponta como, mesmo que em plena era do marketing digital, da busca por seguidores online e da popularidade dos chamados influenciadores das redes sociais, este fenômeno está acontecendo.

Pode parecer estranha a possibilidade de uma marca abandonar seus canais em redes como Facebook e Instagram. Mas, embora sejam casos isolados, eles existem – e são protagonizados por empresas que questionam o modelo de comunicação que as redes sociais os forçam a adotar.

Abraços e boa leitura!

Brazil Digital Report 1st. Edition

Com o apoio do movimento Brazil at Silicon Valley, um grupo de estudantes que começou na Universidade de Stanford e cuja missão é melhorar a competitividade e a relevância global do Brasil por meio de tecnologia e inovação, a McKinsey & Company apresenta a 1ª Edição do Brazil Digital Report (em anexo), contendo uma visão geral da economia do Brasil, incluindo sua inovação, cenário digital e empresarial.

Os fatos mostram que o Brasil oferece muitas oportunidades interessantes e tem muitos desafios – oportunidades de inovação – para impulsionar a produtividade, o crescimento e os avanços sociais.

Abraços e boa leitura!

Novo método pode transportar remédios melhor através do corpo

O tratamento médico só funciona se as substâncias ativas no medicamento forem transportadas para o local correto.  Agora, o químico Jasmin Mecinovic descobriu um novo método de transporte dessas moléculas.

Um estudo que foi publicado recentemente na Nature Chemistry,  descreve como o chamado “slider” pode atuar como um braço em um guindaste de elevação e, assim, coletar pequenos pacotes de moléculas. O slider em si é uma pequena molécula.

Artigo em anexo da First Word Pharma, com link para o artigo Nature Chemistry.

Abraços e boa leitura!

9 Perguntas para De Masi

Em entrevista (em anexo) do Gustavo Pinheiro, na Revista ÉPOCA deste final de semana, 14 de Abril, o sociólogo Domenico De Masi que vem ao Brasil para o lançamento do sue novo livro intitulado “Uma simples revolução” responde nove perguntas de variados temas da atualidade, dentre os quais ele afirma que que “as mulheres serão o centro do mundo e acredita que padre será a única profissão na qual o homem não vai ser substituído por uma máquina”…

Abraços e boa leitura!

Teste genético evita quimioterapia desnecessária em hospital de São Paulo

Ainda hoje, sábado 13 de abril de 2019, segundo aponta o artigo (em anexo) da colunista Cláudia Collucci, no caderno Equilíbrio e Saúde, do jornal Folha de São Paulo, seria divulgado no congresso da Sociedade Brasileira de Mastologia os resultados de um estudo feito pelo grupo Fleury e o Hospital Pérola Byington que abaliza que o uso de um teste genético evitou que 69,7% mulheres com câncer de mama em estágio inicial de um grupo de 111 pacientes recebessem quimioterapia sem necessidade.

Abraços e boa leitura!